sábado, 31 de julho de 2010

Uma cana para os pargos!

 

luisguerreiro

Durante o almoço comemorativo do 1ºAniversário do Porto de Abrigo e depois de observar a cana referente ao evento, o Luís Guerreiro informou-me que em breve me faria uma encomenda de uma cana destinada à pesca aos pargos.

E foi mesmo breve! Uma visita aqui à loja num domingo de manhã tinha esse objectivo.

Depois de delinearmos os pormenores àcerca dos componentes e dos motivos do gráfico, o Luís deixou o resto ao meu critério referindo apenas que gostava muito de vermelho e preto.

Pormenores técnicos resolvidos, passei à fase da conversa que gosto de ter com todos os clientes: tentar perceber os seus gostos, a forma de pescar, se são recatados ou pelo contrário gostam de se evidenciar um pouco ou até passar completamente despercebidos no meio da multidão.

Pode parecer que tudo isto nada tem a ver com a construção de uma cana e que estou armado em psicólogo de trazer por casa. Não é esse o caso. Desta forma tenho mais possibilidades de apresentar ao cliente um produto final que o deixe mais satisfeito.

É esse o meu objectivo.

Mas vamos ao que interessa. A cana!

Para o batente, escolhi uma peça feita em teflon, cuja origem tenho que agradecer a outro Luís, o Nascimento. Foi totalmente coberta com os enrolamentos nas cores escolhidas: preto, vermelho e prata. No topo do batente uma pequena peça em aço inox que dá um toque de classe ao conjunto e se vai repetir mais acima. Um pequeno logo da 7even completa aquele que, para mim, é um dos mais bonitos batentes que fiz até agora.

luisguerreirobatente

luisguerreirobatentepormenor

O porta carretos é mais uma estreia. Uma peça em alumínio marítimo da americana Pacific Bay. Uma verdadeira beleza que ficou perfeito no enquadramento geral da cana e que, pela qualidade do material de que é composto, é uma garantia de durabilidade. A fazer a guarda de honra, mais duas peças em inox acompanhadas dos respectivos enrolamentos.

luisguerreiroreelseat

No gráfico marcam presença os elementos habituais, logos e informação técnica, o nome do cliente assim como um pargo para garantir que não hajam dúvidas quanto à missão desta Made in Portugal.

luisguerreirografico

luisguerreirografico1

O encaixe foi feito em carbono com as pontas dos elementos devidamente reforçadas com o enrolamento e o respectivo epoxy num lado e no outro o primeiro passador a ajudar também nessa função.

luisguerreiroferrule

Para os passadores a escolha recaiu na Fuji. Armações em aço inox com um banho de cor “Gun Smoke” e porcelanas em SIC. À prova de qualquer peixe ou mesmo de maus tratos. Optei por fazer dois enrolamentos diferentes para quebrar a monotonia .

luisguerreiroguide

luisguerreiroguide1

As ponteiras, por escolha do Luís, são as três em fibra de vidro maciça. Mais compridas que o normal, também a pedido. Julgo que ainda as vamos encurtar. Os enrolamentos dos micropassadores foram feitos em preto com uma pequena risca vermelha.

luisguerreirotips

luisguerreiromicroguide

Aconteceu um episódio curioso com esta cana.

Gosto sempre de mostrar as “minhas” canas (irei considerá-las sempre assim) a pessoas que não pescam. Desta vez escolhi o pessoal de uma das lojas aqui ao lado que fizeram o seguinte comentário: “Está gira! Esses autocolantes que colocaste nos passadores ficam mesmo bem”. Tinha acabado de confirmar que os enrolamentos estavam muito bons. E para que não fiquem dúvidas aqui fica uma foto do pormenor dos mesmos.

luisguerreirografico2

E assim está apresentada mais uma cana.

Outras já estão acabadas e entregues, apenas à espera de tempo para as colocar aqui à  vossa apreciação.

Até lá!