domingo, 11 de abril de 2010

Desta vez a loucura é vermelha!

 

DSCF1001

Na continuação do tempo livre proporcionado pelo atraso na preparação dos “blanks” nacionais, aproveitei para terminar um projecto iniciado há algum tempo atrás e ao mesmo tempo fazer mais uma experiência com um acabamento diferente. Parecido com o da cana anterior mas diferente no resultado final.

As cores são invariavelmente ligadas aos clubes de futebol. Até mesmo nas canas de pesca. A Green Madness não deixou de ser ligada ao meu Vitória e ao Sporting. Canas azuis já fiz algumas. Faltava a vermelha.

Confesso que não foi feita com essa intenção mas em ano de campeão vermelho (só falta perceber se mais a sul ou a norte) esta cana pode até servir de homenagem antecipada ao vencedor.

Aproveitando um pequeno “blank” de origem asiática em carbono, com 2,40m divididos em 2 partes, resolvi  construir uma pequena cana para pesca embarcada com duas ponteiras em fibra de vidro. Este blank é muito leve e com uma acção parabólica bastante interessante.

Para a decoração dos enrolamentos resolvi fazer um efeito marmóreo em duas cores, sendo o branco a cor escolhida para fundo (para mim a cor mais difícil de fazer com o epoxy) e o vermelho metálico como contraste. O aspecto de um rebuçado onde as cores se misturam sem se misturarem era o efeito que procurava. Estranho? Nem por isso. Apenas não queria que a mistura do branco com o vermelho desse origem a zonas cor de rosa. E consegui.

Começando pelo batente que desta vez foi feito com uma peça em alumínio e uma peça de Eva, vermelha, esculpida. A rematar, o efeito marmóreo com alguns enrolamentos em prata e vermelho.

DSCF1004

No porta carretos escolhi novamente o alumínio, ladeado por Eva vermelha e os respectivos adornos em branco e vermelho. A secção interior do porta carretos foi personalizada.

  DSCF1009

DSCF1265

Nos gráficos do cabo optei mais uma vez pela colocação de uma imagem abstracta que ao sol fica lindíssima, o nome “Calíope” (uma das nove musas da mitologia grega), a informação técnica e os logos da 7even e das Made in Portugal, tudo emoldurado no mesmo efeito.

DSCF1013

Os passadores, como não poderia deixar de ser, são cromados para uma perfeita conjugação com as cores escolhidas e com os alumínios.

DSCF1015

Para terminar, as duas ponteiras em fibra de vidro. Uma branca e outra preta, com duas acções diferentes e com enrolamentos em vermelho metálico.

DSCF1026

Mais uma das minhas meninas, diferente do habitual mas com um resultado final muito atraente e a que uma vez mais as fotos não fazem justiça.

Enquanto vos relato esta nova história, a próxima Made in Portugal já está a secar. Também muito diferente do que vem sendo habitual.

Não saiam dos vossos lugares!